Páginas

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

A Dualidade

Fui dormir às 1:00hs da manhã, sabendo que nesse período seria difícil qualquer tentativa projetiva. Acordei às 7:28hs, olhando para o celular para conferir a hora e quando volto pra cama, acordo novamente, percebendo o falso acordar que tive. Na realidade, ainda eram 5:30hs da manhã.

Estou acordando tão cedo graças a uma estratégia que comecei a usar ao acaso: do lado da minha cama há uma porta que dá para os fundos do quarto. Deixando-a aberta, a luz da manhã incide sobre a minha cama, não obstante, acordo tão cedo quanto a luz começar a mostrar sua cara.

Então resolvi ir ao banheiro, beber um pouco d'água, além de estudar Cálculo durante alguns 20min, ao invés de tentar rememorar possíveis sonhos que possa ter tido. Eis que às 5:55hs, resolvo alçar vôo em mais uma tentativa. Programo o alarme para às 7:00hs.

Resolvi reduzir o tempo de "acordado" entre o sono normal e a tentativa, e isso caiu como uma luva. Com o mínimo de relaxamento, já me pego em estado alterado. Percebo estar num estado vibratório diferente do comum, e ainda ouço um canto gregoriano perfeito. Aproveitando o embalo, eu começo a cantá-lo, totalmente lúcido, sabendo estar numa paralisia.

E peço ajuda de amparadores, porque sinto a presença de tais entidades, mesmo sem saber se estava tendo um sonho ou uma projeção. Até que tenho uma saída mais rápida do que todas as saídas rápidas que tive, e vou em direção a porta, meio desengonçado, com o pensamento ininterrupto de tomar distância da minha cama. Até que atravesso-a, com certa facilidade e percebo estar na grande sala do CASTELO.

Aí tenho a primeira alucinação/visão onírica/contato astral do dia. Vejo clara e nitidamente, um dos moradores da casa saindo de seu quarto (exatamente igual ao original) e olhando pra mim como se não me conhecesse. É o Aroldo. Engraçado é que o chamo e ele nem dá bola pra mim.

Continuo andando, seguindo os caminhos da casa que já conheço, até que já me vejo numa arquitetura diferente da casa, mas continuo com lucidez altíssima e aos poucos vejo outros moradores. Seria sonho ou projeção? Ainda não sei, não posso comprovar ainda pra si mesmo. Sei que depois converso com o Jairan durante algum tempo e já estou fora da casa, entrando em contato com pessoas e cenários desconhecidos.

Nesse momento, já começo a me precaver sobre uma possível rememoração de tudo que "vivi" até aquele momento e penso em voltar à realidade. Lembro de tentar voar também, mas não alço vôo, o que me deixa "encucado" devido a facilidade que tenho em fazer isso em um sonho lúcido "comum".

Então resolvo acordar mesmo. E acordo. Levanto rapidamente e vou até a grande sala e encontro minha tia e minha mãe. Ou seja, ainda estou sonhando! E nesse momento, já me vem a cabeça os possíveis falso despertares que iria enfrentar. E como poderia ser difícil lembrar de toda a experiência anterior. Essa é a dúvida. Ficar mais tempo na experiência e correr o risco de esquecê-la quando acordar ou acordar o mais cedo possível.

Optei pela segunda opção e fiquei tendo falsos acordares sucessivos. Até que na terceira vez estava no ambiente normal do meu quarto. Sim, havia acordado. Olhei o relógio. Ainda eram 6:16hs. Parecia que o tempo não havia passado. Foi uma experiência incrível. A minha primeira com um nível riquíssimo de detalhes e que me deixou apreensivo quanto a real natureza desses estados alterados. Agora é continuar a escalada.

Tempo desde a última experiência: 1 dia (28/09/2008)
Experiências acumuladas: 9Xp (Gostei do xp, os pontos de experiência. Acho que estou aumentando o Level)

domingo, 28 de setembro de 2008

Sonhos e projeções

Após o relaxamento e percebendo estar num profundo grau, percebo que ainda não entrarei em estado de transe, então saio da posição de decúbito e deito do lado esquerdo. Ainda assim, nada acontece, mas estou relaxado a ponto de tentar mais um pouco, então deito do lado direito. Pronto, as ondas começam a percorrer meu corpo. São leves e sem força. Então começo a comandá-las e trazê-las em direção a minha cabeça.

Porém, acontece o mais comum: elas cessam. Mesmo assim, percebo que é possível torná-las mais poderosas e reavivo-as, apenas com um pouco de circulação energética. O controle é muito maior, então dou mais um passo rumo ao controle, onde realizo por um período maior a energização de cada parte do meu corpo.

O resultado é uma saída rápida pelo quarto, rápida pela facilidade, rápida pelo tempo de duração, pois já começo a sentir as dificuldades de estar com múltiplas visões. Volto novamente para si mesmo e começo a penetrar no mundo dos sonhos lúcidos. E começo a andar por um sonho na esperança de encontrar minha namorada em algum lugar do mundo onírico. Encontro e acabo esquecendo que é um sonho, o suficiente pra me fazer acordar e rememorar toda a experiência.

Tempo desde a última experiência: 6 dias (22/09/2008)
Experiências Acumuladas: 8Es

Manhã de Domingo

Continuando a escalada pela lucidez, percebo que o cume está muito distante e que preciso me aclimatar muitas e muitas vezes para poder alcançá-lo. Isso é realmente coerente, visto que a cada semana subo alguns metros, mas sou levado a voltar um pouco, pelas pressões rotineiras do ambiente. A caminhada será longa.

Começo a perceber padrões em minhas experiências lúcidas. Elas vêm acontecendo exatamente nos fins de semana, justamente quanto me sinto menos pressionado pelas obrigações sociais dos dias que os antecedem. Estou praticando da seguinte forma. Após acordar, relembro alguns sonhos e depois fico acordado durante mais uma hora, fazendo qualquer coisa, e depois volto pra cama para um relaxamento aprofundado. O mais aprofundado da semana.

Dura em média 30 min, e depois desse período, tento permanecer lúcido e esperar as ondas vibratórias.

sábado, 27 de setembro de 2008

No mesmo fim de semana

1) 22/09/2008 - Terror

2) Sonhos consecutivos. O primeiro é uma escuridão até que eu consigo iluminá-lo. Acordo e estou numa mesa com dois falecidos iguais. No terceiro, depois de ficar lúcido nesse e tentar acordar, minha mãe aparece com uma coisa estranha nos olhos. Depois disso tento acordar e estou num local escuro. Tento novamente e estou no meu quarto.

3)9 dias (último SL: 13/09/2008)

4)Acumulado: 6 SLs

Mais sonhos lúcidos

1) 22/09/2008 - Tédio no sonho

2) Umas meninas entram num banheiro gigante pra homens. Lucidez na hora e muito forte. Saio voando. Paro no céu e depois desço pra fazer algo. Solto magias, telecinese. Então dou um rodopio pra aumentar a lucidez que está se esvaindo. Quando paro penso no que fazer. Não me vem nada a mente. Sinto tédio. Então resolvo acordar.

3)0 dias (último SL: 22/09/2008)

4)Acumulado: 7 SLs.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Experiência não muito boa

Ontem à noite fui pra cama com bastante sono. Pensei em não fazer nenhuma técnica, mas deitei de barriga pra cima como de costume. Então, comecei a sentir as tais vibrações. Dessa vez eu estava mais "solto", e simplesmente levantei. Aí começou uma das piores experiências que já tive.

De início estava tudo totalmente escuro (lembrei do tal buraco negro do outro tópico) e ficou bastante tempo assim. Eu tentei tornar claro mexendo as mãos como quem usa energia, mas demorou um pouco até as luzes "se acenderem". Depois disso saí andando e começou o sofrimento.

Alguns segundos depois me vi numa mesa jantando. Haviam 3 pessoas no lado oposto. Quando olho pra uma delas, percebo que é uma pessoa conhecida minha que morreu há algumas semanas. Olho pro outro rosto, aparece a mesma pessoa. Sinto um pouco de pânico porque é bem real, mas na hora fico lúcido, porque sabia que ele havia morrido.

Então, ao invés de aproveitar a lucidez, eu resolvo acordar. E acordo, só que em outro sonho. E o outro sonho é pior. Em questão de segundos, vejo minha mãe entrando numa sala chorando. Olho para os olhos dela e estão horríveis com uma coisa branca como se tivesse tampando os olhos. Ela grita dizendo:" Eles entraram em mim enquanto você sonhava"

Senti aquela angustia e percebi que se tratava de sonho, mas eu não tinha mais controle. Só queria acordar. O pior é que acordei. Mas estava numa escuridão. Tentei novamente acordar e abri os olhos lentamente. Ufa...estava no meu quarto. FIM


Uma das piores experiências que já tive, e de certa forma, acho que causei isso ontem com o post no tópico do Cósme na comunidade sonhos lúcidos. Vou rever meus conceitos em relação ao que escrevo.

Post Apagado

O post abaixo foi feito ontem na comunidade Sonhos lúcidos no orkut. Ontem mesmo tive uma das piores experiências desde que comecei a praticar. Resolvi apagar o post e mudar minha conduta em relação à assuntos dessa natureza.

O post foi o seguite:

Eu adoraria ficar preso a noite toda numa paralisia do sono pelo menos uma vez na vida! Seria Muuuito massa!

Hoje eu tive umas 6 paralisias durante o dia e quando estava conseguindo me concentrar pra ter alucinações (quando me concentro, sinto as tais energias circulando pelo meu corpo como se fosse um choque que vai ficando mais forte e que não dói, é claro) sempre aparecia alguém fazendo barulho onde eu estava! Argh!

Hoje seria mais um dia pra eu relatar sonhos lúcidos, mas não tive condições de ter um durante o dia, porque tava na casa da minha mãe e tinha muita gente por lá. Uma pena

Essa estória de buracos negros tá parecendo isso daqui oh:

- Deus castiga;
- Cuidado com os demônios;
- Cuidado com os espíritos;
- Cuidado com os caboclos;
- Cuidado com os Alienígenas;
- Cuidado com a Kundalini;
- Cuidado com o Cordão de Prata
- Cuidado com o Buraco Negro;
- Etc, etc, e talz...

Inclusive um cara da comunidade pediu pra eu procurar (no sonho) o significado das palavras causação e beísmo. Vou tentar descobrir isso. Talvez se relacione com o que aconteceu.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Diário Onírico

Pessoal,

Pensei em algo que pudesse funcionar com mais um estímulo pra quem se interessa pelo assunto. Esses dias fiz umas buscas no Google e achei essa super agenda de sonhos lúcidos! Pode ser bastante inspirador. O link é esse:

Sonhos do Rodrigo

Resolvi criar um diário pra mim também. A idéia é escrever meus sonhos lúcidos seguindo o modelo sempre que tiver um sonho lúcido ou uma projeção.

1) Data - Título
2) Resumo de no máximo 5 linhas
3) Tempo entre esse e o último sonho lúcido
4) Total de sonhos lúcidos no período

Exemplo:

1) 23/08/08 - Projeção ou Sonho?
2) Estava tendo sensações de projeção. Então sai do corpo rapidamente e já fui logo voando em alta velocidade. Resolvi para e descer. Desci numa cidade desconhecida e tive o receio de não mais conseguir voltar pro meu corpo. Encontrei umas pessoas e fui perdendo a lucidez. Fiz telecinese com o cara que vi ao longe, tentando puxá-lo pra perto de mim. Consegui influenciá-lo, mas acordei logo em seguida. Certeza que foi sonho.
3) 0 dias.
4) 1 SL

Pronto! Agora é só postar os sonhos mais recentes!

Sonhos Acumulados!

Mais sonhos que não havia postado ainda:

23/08/08 - Mão sem dedos e espelho no banheiro

Resumo: Estava andando de carro com meu colega Jonatas que no sonho disse que não sabia dirigir carros. Quase batemos até que ele para. Fico lúcido nesse momento. Olho pro meu corpo, lembrando que devemos nos observar pra aumentar a lucidez. Minha mão tem dois dedos a menos. Estico um dedo e a nitidez é incrível. Vou pra um banheiro e acabo entrando no feminino. Me olho no espelho, me vejo e vejo uma mulher no reflexo. Incrível, mas fico com medo e perco a lucidez. Acabo acordando.

Tempo entre sonhos: 0 dias.
Acumulado: 2 SLs

Esses dois sonhos lúcidos tive durante as duas semanas passadas. Como tive outro esses dias, resolvi postar todos juntos hoje.


01/09/2008 - Sonho Esquecido

Resumo: Tive esse SL, inclusive citei o mesmo em outro tópico da comunidade. Mas perdi as anotações e acabei esquecendo o que aconteceu no sonho! Mesmo assim, tenho certeza que tive.

Tempo entre sonhos: 8 dias (ultimo SL: 23/08/2008)
Acumulado: 3 SLs.


Quase uma semana depois....

07/09/2008 - Moedas ao chão

Resumo: Domingo de manhã, meio dormindo, meio acordado. Até que me vejo com duas moedas na mão. Em um instante as moedas caíram da minha mão e eu ouvi o barulho delas no chão. Depois disso, fiquei em estado de paralisia, mas consegui mexer meu braço "imaginário" e levantei-o e fiquei observando. Mas só consegui isso, até que acordei. Minha namorada falou que haviam caído moedas no chão. Fique com uma pulga atrás da orelha

Tempo entre os sonhos: 6 dias (último SL: 01/09/2008)
Acumulado: 4 SLs.

E estes dias pela manhã...


13/09/2008 - Cicícero

Resumo: Estou paralisado na minha cama, até que sinto energias circulando. Depois começo a sonhar que estou ouvindo a voz de uma criança. Tento pedir ajuda a ele pra me tirar da paralisia, mas ele diz que não vai me ajudar. Conversamos, até que eu pergunto seu nome e ele responde: "Cicícero". Depois sinto outra pessoa. Então, de repente estou numa casa e vejo uma mulher e um menino. Saio da casa e perco a lucidez até acordar.

Tempo entre sonhos: 6 dias (último SL: 07/09/2008)
Acumulado: 5 SLs.


Voltando a ativa!