Páginas

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Recomeço...

Como é difícil escrever quando se está recomeçando. Tento expressar minhas idéias através do texto, mas me parece complicado falar de mim mesmo, do que penso. Acaba se tornando um tanto filosófico. Porém esse não é o objetivo. Pretendo manter as coisas simples aqui, falar um pouco sobre meus planos e o que tenho feito. Então vamos a um breve histórico dos últimos dois anos.

No final de 2010 consegui me formar em Computação e tive a oportunidade de ir para a Unicamp, porém uma série de fatores me fez mudar de ideia e resolvi continuar morando aqui mesmo em Fortaleza. A vantagem seria o acúmulo do mestrado com o trabalho no projeto, além de estar "perto" da família. Nesse meio tempo eu ainda estava vivendo no castelo, e continuei por lá até metade de 2011, quando sai de lá e fui morar num apartamento na Aldeota junto com um suposto amigo e um amigo dele.

Havia vantagens e desvantagens de se morar lá, porém após cinco meses eu fui seduzido pelo sonho de morar sozinho e acabei indo para um AP perto da faculdade, que é onde estou agora. É o mais novo "Castelo" que de castelo não tem muita coisa a não ser as sancas de gesso que adornam o cubículo de concreto pintado de branco. É basicamente um quarto com um banheiro, mas que incrivelmente coube todos os móveis essenciais de uma casa, como cama, guarda-roupa, fogão, geladeira e estante, entre outros.

É vantajoso morar perto da faculdade, dá pra ir a pé e economiza-se no ônibus. É vantajoso morar sozinho, não ter ninguém pra reclamar e poder fazer "o que quiser". No momento em que escrevo, tenho um emaranhado de roupas limpas no varal, outro de roupas sujas no cesto, uma cama bagunçada, um monte de panela suja sob o fogão...cá estou eu pensando em mais detalhes.

Apesar das vantagens, infelizmente cometi o erro de ser marinheiro de primeira viagem e não saber detalhes importantes que se deve considerar ao mudar pra um lugar novo. Esse Ap é mal localizado, recebe sol a tarde inteira, se tornando uma fornalha no terceiro turno. Fora isso está dentro dos padrões de moradia para um estudante em fase de transição, que é como tenho me considerado ser no momento.

Reviver esse blog é uma maneira de recomeçar a pensar mais fortemente no que tenho feito, estou fazendo e vou fazer. Se deixar levar por vícios nos torna reféns e nos priva da liberdade que lutamos pra conseguir. E estive preso por um vício, ficar sentado horas e horas jogando online com amigos ou não, e esquecendo que tenho muitas e muitas coisas pra fazer além de apenas focar em uma única fonte de prazer.